quarta-feira, 2 de maio de 2012

A iniciação no tênis






A iniciação técnica do tênis tem se baseado, tradicionalmente, na reprodução de padrões de movimentos de tenistas de alto nível. Esse modelo é considerado "o ideal" para o processo de ensino-aprendizagem. Trata-se de uma concepção difícil de ser contestada, pois para atingir a performance de alto nível é preciso vários anos de treinamento. Sendo assim, tudo leva a crer que a busca da técnica perfeita inicia nos primeiros passos da aprendizagem. De certo modo, é isso que acontece. No entanto, essa trajetória não ocorre de forma tão simples e explícita como se pode imaginar.

A criança não é um adulto em miniatura e, por conseguinte, não responde positivamente às mesmas cargas de treinamento dos adultos com redução de volume e intensidade. Os objetivos, os conteúdos e as metodologias de ensino do tênis para as crianças devem ser completamente diferentes daquelas propostas para os adultos. A prioridade do ensino da técnica desportiva na infância aponta para uma formação ampla e versátil. A base para o aprendizado reside na estimulação e na aquisição de inúmeros movimentos, desde os mais simples aos mais complexos. Somente com um repertório motor amplo e variado, a criança poderá assimilar rapidamente os fundamentos técnicos específicos do tênis.

A técnica do tênis representa uma ferramenta para dominar a bola nas diferentes situações de jogo. Muitas vezes, o tenista precisa controlar a bola em circunstâncias específicas, as quais não é possível executar o fundamento técnico padrão por diversas razões: bolas lançadas pelo adversário em diferentes alturas, velocidades, rotações e/ou pela necessidade de realizar o contato com a bola em alta velocidade de deslocamento nas diversas posições na quadra. Estas e outras variações exigem um repertório motor que vai além do domínio específico dos fundamentos básicos do tênis.

Portanto, o organismo em crescimento da criança necessita de estímulos variados. Não apenas para o seu desenvolvimento harmonioso, mas também para a aquisição da máxima performance técnico-desportiva do tenista. A estimulação precoce do ensino especializado do tênis poderá apresentar resultados em curto prazo, mas em médio e longo prazo poderá levar ao esgotamento das potencialidades de desempenho máximo do atleta.

Fonte


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...